Você está aqui: Página Inicial / Olimpíadas / O Brasil nos Jogos / Seul-1988

Seul-1988

Um judoca campeão

O Brasil já somava quatro medalhas olímpicas no judô (duas de pra ta e duas de bronze) quando o judoca Aurélio Miguel, da categoria meio pesado, finalmente deu ao país o primeiro ouro na modalidade. A campanha rumo ao topo do pódio foi marcada por uma singularidade: ele venceu as cinco lutas sem marcar pontos. Nos dois primeiros combates, a vitória veio por decisão dos juízes. Nos outros três, os rivais foram punidos por passividade excessiva.

Marcio Rodrigues FOTOCOM.NET
Marcio Rodrigues  FOTOCOM.NET # Aurélio Miguel foi o primeiro brasileiro a conquistar a medalha de ouro no judô em Jogos Olímpicos
Aurélio Miguel foi o primeiro brasileiro a conquistar a medalha de ouro no judô em Jogos Olímpicos


Novo trauma no futebol
As lembranças da queda diante da França na final olímpica de 1984, em Los Angeles, ainda estavam frescas quando a Seleção Brasileira entrou em campo para disputar a decisão contra a União Soviética, em Seul. Com craques do porte de Taffarel, Mazinho, Jorginho, Ricardo Gomes, Bebeto e Romário no time, o Brasil era o favorito ao ouro. E parecia que o título estava a caminho quando Romário abriu o placar, aos 30 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, entretanto, Igor Dobrovolsky igualou e, como o empate persistiu, a decisão foi para a prorr ogação, cujo resultado foi selado após um gol de Yuri Savichev. Começava ali, para valer, a “maldição” que até hoje acompanha o futebol brasileiro: o único título que ainda não possui no currículo é a medalha de ouro olímpica.

Joaquim Cruz é prata
Campeão olímpico em Los Angeles-1984, Joaquim Cruz emocionou a torcida quando, na segunda volta dos 800m, assumiu a ponta na reta final da competição. Tudo levava a crer que o brasiliense repetiria o feito de quatro anos antes e conquistaria novamente o ouro na prova. Entretanto, sem que ninguém pudesse esperar, o queniano Paul Ereng, que não estava cotado pelos especialistas para triunfar, protagonizou uma arrancada espetacular. Resultado: Joaquim Cruz ficou com a prata e o marroquino Said Aouita com o bronze. José Luís Barbosa, o Zequinha Barbosa, terminou a prova na sexta colocação.

CBAt
CBAt # Joaquim Cruz chegou a liderar os 800m, mas foi ultrapassado e terminou com a prata
Joaquim Cruz chegou a liderar os 800m, mas foi ultrapassado e terminou com a prata


Mais medalhas no atletismo e na vela
O Brasil conquistou outra medalha no atletismo, com o bronze de Robson Caetano, nos 200m. Ele ainda competiu na final dos 100m, terminando na quinta posição.

A vela voltou a ajudar o Brasil, com belas participações dos irmãos Grael. Na classe Star, Torben Grael e Nelson de Barros Falcão ficaram com o bronze, mesmo resultado da dupla Lars Grael e Clínio Freitas na classe Tornado.

Classificação por total de medalhas

* A medalha de ouro foi conquistada por Aurélio Miguel, no judô. As de prata vieram no atletismo, com Joaquim Cruz, nos 800m, e no futebol masculino. As de bronze foram conquistadas por Robson Caetano da Silva, no atletismo, nos 200m, e na vela, com Nelson Castanheira Barros Falcão e Torben Schimidt Grael, na classe Star, e Clinio Marcelino de Freitas Neto e Lars Schmidt Grael, na classe Tornado