Você está aqui: Página Inicial / Olimpíadas / O Brasil nos Jogos / Munique-1972

Munique-1972

O judô no pódio

Se pensarmos em vôlei e vôlei de praia como duas modalidades distintas, é correto afirmar que o judô é, disparado, o esporte que mais rendeu medalhas olímpicas ao Brasil, com seus atletas já tendo subido ao pódio em 19 ocasiões. Essa trajetória de sucesso nos Jogos teve início em 1972, em Munique, quando Chiaki Ishii, um japonês naturalizado brasileiro, faturou a medalha de bronze na categoria meio-pesado.

Nelson Prudêncio voltou a subir ao pódio. Medalha de prata quatro anos antes, na Cidade do México, ele alcançou 17,05m no salto triplo, marca que lhe rendeu o bronze.

CBAt
CBAt # Nelson Prudêncio conquistou o bronze no salto triplo em Munique
Nelson Prudêncio conquistou o bronze no salto triplo em Munique


O país teve ainda “bateu na trave” em dois esportes. Na vela, Reinaldo Conrad e Burkhard Cordes, na classe Flying Dutchman, e Jan Willen Aten e Joerg Bruder, na classe Star, ficaram em quarto. A mesma colocação foi conquistada na piscina, com a equipe nacional se dest acando no revezamento 4x100m livre.

Os Jogos na Alemanha ficaram marcados pela tragédia do Setembro Negro, quando terroristas palestinos invadiram a Vila Olímpica e mataram 11 integrantes da delegação de Israel.

Classificação por total de medalhas