Você está aqui: Página Inicial / Olimpíadas / Modalidades / Canoagem Slalom

Canoagem Slalom

História

A canoa é o meio de transporte aquático mais antigo de que se tem conhecimento. Há pelo menos três milênios antes de Cristo ela já havia registros de canoas sendo utilizadas para a pesca, a caça e até para fins bélicos.

Como esporte, entretanto, seu uso pode ser considerado recente em relação ao seu passado milenar. Essa história teve início em 1840, quando o escocês John McGregor construiu uma canoa inovadora, batizada de Rob Roy e que é considerada a precursora do caiaque atual. Com a Rob Roy, John navegou por vários países da Europa e do Oriente Médio em 1840 e, aos poucos, popularizou a novidade.

O primeiro clube de canoagem foi o Royal Canoe Club, fundado em 1865 nos arredores de Londres. Apenas três anos após a fundação ele já contava com 300 tipos de canoas registradas. Em 1924, foi criada a Federação Internacional de Canoagem, que é a responsável pela organização da modalidade em todo o mundo.

A canoagem slalom nasceu em 1932, inspirada em provas de descida de ski. O desenvolvimento da modalidade – na qual o atleta rema em canoa ou caiaque por um percurso em corredeira (natural ou artificial), definido por balizas, sem cometer penalidades e no menor tempo possível – sofreu um atraso por conta da Segunda Guerra Mundial, que teve início em 1939, apenas seis anos depois da primeira competição de canoagem slalom, disputada na Suíça.

A canoagem slalom estreou em Jogos Olímpicos na edição de Munique-1972. Depois disso, entretanto, ficou de fora entre 1976 e 1988, retornando apenas nos Jogos Olímpicos de Barcelona-1992. A partir de então, esteve presente em todas as edições.

Curiosidades


Irmãos de ouro

Os maiores medalhistas olímpicos da história da canoagem slalom são irmãos. Os eslovacos Peter Hochschorner e Pavol Hochschorner foram campeões na categoria slalom C-2 nas edições de Sidney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008 e ainda levaram o bronze em Londres-2012.

Único tricampeão

Em provas individuais de canoagem slalom, o francês Tony Estanguet ocupa posição de destaque como uma lenda da modalidade. Medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Sidney-2000 e Atenas-2004, ele conquistou o ouro pela terceira vez na edição de Londes-2012 e tornou-se o único a triunfar três vezes nos Jogos competindo sozinho.

Acesse também

Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa)
Site: www.canoagem.org.br
E-mail:
Federação Internacional de Canoagem (ICF): www.canoeicf.com