Você está aqui: Página Inicial / Olimpíadas / Instalações / Região Copacabana

Região Copacabana

Cenário mundialmente famoso

Quando se fala no Rio de Janeiro, o nome Copacabana logo vem à cabeça. O bairro, conhecido mundialmente por suas calçadas de pedras formando ondas em preto e branco, é famoso, também, pela localização privilegiada — com vistas belíssimas do Pão de Açúcar e do Corcovado — e por uma das festas mais famosas do mundo: a queima de fogos na noite de 31 dezembro, que atrai milhões de turistas, brasileiros e estrangeiros, todos os anos.

A estimativa é de que cerca de 150 mil pessoas vivam no nobre bairro carioca, que já recebeu grandes ícones da música mundial e brasileira, como os Rolling Stones e Roberto Carlos. Por sua localização, a praia de Copacabana é considerada o coração da Zona Sul do Rio de Janeiro e terá papel igualmente vital durante as Olimpíadas de 2016. O cartão postal vai se transformar em um dos mais belos locais de competição dos Jogos.

Privilegiados serão os atletas da marcha atlética, do ciclismo de estrada, das maratonas aquáticas, do triatlo, da vela, do vôlei de praia, do remo, da canoagem e do paratriatlo, que terão a oportunidade de tornar a visita a Copacabana um momento ainda mais inesquecível. São essas as modalidades que serão disputadas no complexo esportivo, que conta com o Parque do Flamengo, a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Marina da Glória, o Forte de Copacabana e a praia de Copacabana.

Instalações de competição

Estádio de Copacabana

Rio 2016

Palco tradicional de grandes competições de vôlei de praia, a Praia de Copacabana irá proporcionar uma atmosfera única para atletas e espectadores. O estádio será construído temporariamente para acomodar as competições.

Previsão de conclusão: a definir
Tipo de instalação: temporária
Modalidades em disputa nos Jogos Olímpicos: vôlei de praia
Modalidades em disputa nos Jogos Paralímpicos: não terá
Capacidade: 12.000 lugares
Ente financiador: Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016
Valor: a definir
Executor: Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016
Evento-teste: Circuito Mundial de Vôlei de Praia - 01 a 06/09/2015

Forte de Copacabana

Rio 2016

O percurso das maratonas aquáticas fica localizado nas águas calmas da Praia de Copacabana, protegidas pelo pontão natural onde se situa o Forte. O local é regularmente utilizado para competições internacionais de triatlo. Os percursos de ciclismo e corrida estendem-se ao longo da praia, garantindo uma atmosfera de grande vibração criada pelos milhares de espectadores na orla. Serão construídos ainda 5.000 lugares temporários ao longo da Av. Atlântica voltados para a praia, garantindo uma visão privilegiada de todo o percurso e de sua beleza natural.

Previsão de conclusão: a definir
Tipo de instalação: temporária
Modalidades em disputa nos Jogos Olímpicos: ciclismo (estrada), maratonas aquáticas e triatlo
Modalidades em disputa nos Jogos Paralímpicos: atletismo (maratona), paratriatlo
Capacidade: 5.000 lugares
Ente financiador: Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016
Valor: a definir
Executor: Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016
Eventos-teste: Aquece Rio Qualificatório de Triatlo Olímpico e Mundial de Paratriatlo - 01 e 02/08/2015 / Aquece Rio Desafio Internacional de Ciclismo de Estrada - 16/08/2015 / Aquece Rio Evento Internacional de Maratona Aquática - 22 e 23/08/2015 

Lagoa Rodrigo de Freitas

 

A Lagoa está localizada no coração da cidade, cercada por belas montanhas, pela Floresta da Tijuca e pela estátua do Cristo Redentor, no alto do Corcovado. O local fica a apenas dez minutos das praias e hotéis de Ipanema e Copacabana.

Previsão de conclusão: a definir
Tipo de instalação: permanente
Modalidades em disputa nos Jogos Olímpicos: remo e canoagem (velocidade)
Modalidades em disputa nos Jogos Paralímpicos: remo e paracanoagem
Capacidade: A definir
Ente financiador: Governo Estadual
Valor para reforma e adequações: R$ 7,6 milhões
Executor: Governo Estadual
Legado: Considerada a principal casa do remo e da canoagem brasileiros, a Lagoa receberá reformas que deixarão um legado para essas modalidades, incluindo acomodações para atletas em treinamento, uma nova torre de chegada e uma nova garagem de barcos. Os clubes de remo sediados na Lagoa e a Confederação Brasileira de Remo (CBR) serão beneficiados de forma significativa por essas melhorias.
Eventos-teste: Campeonato Mundial Júnior de Remo 2015 - 05 a 09/08/2015 / Aquece Rio Desafio Internacional de Canoagem Velocidade - 04 a 06/09/2015

Marina da Glória

Rio 2016

A Marina da Glória foi a primeira instalação testada para os Jogos Olímpicos, em etapa do Campeonato Mundial de Vela, em agosto de 2014. Um ano depois, foi realizado o segundo evento-teste da modalidade.

Para assegurar que a revitalização necessária se dê de forma sustentável, foi criada, em julho de 2013, uma comissão especial com membros do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) e da Prefeitura do Rio de Janeiro. Foram estabelecidos por esse grupo – e publicados no Diário Oficial em março de 2014 – parâmetros de ocupação para a área da Marina da Glória que visam valorizar a paisagem cultural do Parque do Flamengo.

O projeto deverá se orientar pela integração ao traçado da enseada e do Parque do Flamengo; a altura máxima para edificações será de 12 metros acima do nível do mar; a projeção da área construída não poderá ultrapassar 10 mil m²; ficará proibida a instalação de qualquer tipo de cerca na parte terrestre da Marina da Glória, liberando o acesso público aos usuários do Parque, entre outros.

A instalação fica localizada no Parque do Flamengo, no centro da cidade, tendo como pano de fundo o Pão de Açúcar e o Corcovado. Um píer temporário com capacidade para 10.000 espectadores será construído na Praia do Flamengo, em frente ao local proposto para o percurso final da disputa da medalha de ouro.

Previsão de conclusão: quarto trimestre de 2015
Tipo de instalação: permanente
Modalidades em disputa nos Jogos Olímpicos: vela
Modalidades em disputa nos Jogos Paralímpicos: vela
Capacidade: 10.000 lugares
Ente financiador: privado
Valor: R$ 60 milhões
Executor: privado
Eventos-teste: Aquece Rio Regata Internacional de Vela - 02 a 09/08/2014 / Aquece Rio Regata Internacional de Vela - 15 a 22/08/2015