Você está aqui: Página Inicial / Olimpíadas / Brasil de Ouro
Zanetti: o ouro olímpico que nasceu com uma prata no Mundial

BRASIL DE OURO

Zanetti: o ouro olímpico que nasceu com uma prata no Mundial

Ginasta recorda o pódio alcançado em Tóquio, um ano antes dos Jogos de Londres, que o garantiu pela primeira vez nas Olimpíadas. Brasileiro revive a ansiedade ao longo dos nove dias de espera pela final e os conselhos que recebeu do técnico de vôlei Bernardinho

Sarah Menezes: da frustração na China ao ouro na Inglaterra

BRASIL DE OURO

Sarah Menezes: da frustração na China ao ouro na Inglaterra

Única campeã olímpica do judô brasileiro, a piauiense, que mira o bicampeonato no Rio, relembra a derrota precoce em Pequim-2008, fala sobre as lições que tirou do episódio e diz como esse aprendizado a fez crescer a ponto de levá-la ao topo do pódio em Londres

Ricardo e Emanuel: Imbatíveis nas areias gregas

Brasil de ouro

Ricardo e Emanuel: Imbatíveis nas areias gregas

Aposentado do vôlei de praia, Emanuel detalha a caminhada que culminou na conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, até hoje a única do Brasil na modalidade entre os homens

Robert Scheidt: aos 43 anos, ele sonha com o tricampeonato olímpico

Brasil de Ouro

Robert Scheidt: aos 43 anos, ele sonha com o tricampeonato olímpico

O paulista subiu ao pódio em todos os cinco Jogos que disputou. Aqui, ele dá uma pausa na preparação para o Rio 2016 e recorda os dois momentos mais marcantes da carreira: os ouros em Atlanta 1996 e em Atenas 2004

Torben Grael e Marcelo Ferreira: triunfo em Atlanta, glória em Atenas

Brasil de Ouro

Torben Grael e Marcelo Ferreira: triunfo em Atlanta, glória em Atenas

Campeões em 1996 e em 2004, velejadores viajam no tempo para relembrar as conquistas que fizeram com que os dois ganhassem lugar em um dos grupos mais seletos do país: o dos bicampeões olímpicos

Jacqueline e Sandra: consagração em Atlanta

Brasil de Ouro

Jacqueline e Sandra: consagração em Atlanta

Nos Jogos 1996, a dupla fez história como as primeiras medalhistas olímpicas de ouro do Brasil. Vinte anos depois, elas relembram os bastidores daquela conquista no vôlei de praia

Barcelona 1992: e o vôlei enfim chegou lá

Brasil de Ouro

Barcelona 1992: e o vôlei enfim chegou lá

Há 24 anos, o país conquistava, na Espanha, o primeiro ouro olímpico em esportes coletivos. Técnico daquela Seleção Brasileira masculina, José Roberto Guimarães revive, em detalhes, a histórica caminhada dourada daquele time inesquecível

Rogério Sampaio: redenção em Barcelona

Brasil de Ouro

Rogério Sampaio: redenção em Barcelona

Judoca narra a difícil caminhada rumo à consagração, quando teve que encarar um boicote contra a Confederação Brasileira de Judô e superar a trágica perda do irmão

Aurélio Miguel: um ouro em cinco atos

Brasil de Ouro

Aurélio Miguel: um ouro em cinco atos

Primeiro campeão olímpico do judô brasileiro, paulista viaja no tempo e lembra os momentos vividos antes e durante os históricos duelos que o consagraram em Seul-1988

Joaquim Cruz: detalhes de um ouro inesquecível

BRASIL DE OURO

Joaquim Cruz: detalhes de um ouro inesquecível

Campeão olímpico em Los Angeles, o brasiliense relembra, com incrível precisão, a caminhada rumo à consagração nos 800 metros em 1984

Marcos Soares e Eduardo Penido: Os “Meninos do Rio” surpreenderam o mundo em Tallin

BRASIL DE OURO

Marcos Soares e Eduardo Penido: Os “Meninos do Rio” surpreenderam o mundo em Tallin

Conheça a história dos brasileiros da classe 470 que, com 19 e 20 anos, brilharam nos Jogos de Moscou 1980 e conquistaram a quinta medalha de ouro do Brasil em Olimpíadas

Lars Bjorkstrom e Alex Welter: a viagem sem destino que virou o primeiro ouro da vela

Brasil de ouro

Lars Bjorkstrom e Alex Welter: a viagem sem destino que virou o primeiro ouro da vela

Como um improvável encontro entre um aventureiro sueco e um paulista filho de alemães selou a parceria que rendeu o topo de pódio nos Jogos de Moscou, em 1980

Adhemar Ferreira da Silva: o brasileiro com vocação para o aplauso

Brasil de ouro

Adhemar Ferreira da Silva: o brasileiro com vocação para o aplauso

Na segunda reportagem da série sobre conquistas olímpicas nacionais, um colega, a filha e o neto do triplista relembram histórias, façanhas e o exemplo do primeiro bicampeão do país

Guilherme Paraense abriu caminho à bala para os campeões olímpicos do Brasil

Brasil de ouro

Guilherme Paraense abriu caminho à bala para os campeões olímpicos do Brasil

Há quase 100 anos, o país conquistava, na Antuérpia, em 1920, suas primeiras medalhas nos Jogos e via surgir, no tiro esportivo, o primeiro de nossos atletas de ouro