Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Mascotes de outras edições dos Jogos desembarcam no Rio de Janeiro

20/11/2014 14h47

Mascotes de outras edições dos Jogos desembarcam no Rio de Janeiro

Misha (Moscou 1980), Athena (Atenas 2004), Fu Niu Lele (Pequim 2008), Wenlock e Mandeville (Londres 2012) desembarcaram na cidade nesta quinta-feira (20.11) para conhecer os mascotes do Rio 2016

Desde o início da manhã desta quinta-feira (20.11), os alto-falantes do Aeroporto Internacional do Rio anunciavam a chegada de ilustres e simpáticos visitantes. E para a festa das crianças e dos fãs dos Jogos Olímpicos, os mascotes Misha (dos Jogos de Moscou 1980), Athena (Atenas 2004), Fu Niu Lele (Pequim 2008), Wenlock e Mandeville (Londres 2012) desembarcaram no Rio de Janeiro com um motivo para lá de especial: eles vieram conhecer os mascotes dos Jogos Rio 2016, que farão sua primeira aparição pública na segunda-feira (24.11).

É a primeira vez que mascotes de edições passadas dos Jogos visitam a atual cidade-sede. E a recepção desses convidados ilustres não poderia ser mais calorosa. Com placas e cartazes de boas-vindas (em russo, grego, mandarim e inglês), crianças aguardavam, eufóricas, a chegada dos mascotes no aeroporto. À medida que cada um desembarcava, a gritaria aumentava.

Rio 2016/Alex Ferro
Rio 2016/Alex Ferro#Da esquerda para a direita: os mascotes Fu Niu Lele, Mandeville, Misha, Wenlock e Athena
Da esquerda para a direita: os mascotes Fu Niu Lele, Mandeville, Misha, Wenlock e Athena

“Adorei! Eu nunca tinha visto um mascote dos Jogos antes, quase chorei. O meu favorito foi a vaquinha (Fu Niu Lele), ela é muito legal. Agora estou ansioso para conhecer os mascotes do Rio 2016”, disse o estudante Rafael Tovar, de 12 anos, que foi ao aeroporto exclusivamente para dar as boas-vindas aos mascotes.

E não eram apenas as crianças que estavam animadas. Passageiros que desembarcavam de voos internacionais e famílias à espera de parentes no aeroporto pararam para recepcionar os mascotes. “Para nós, foi uma grande surpresa. Viemos aqui buscar minha mãe, que viajou de férias para os Estados Unidos. Minha filha está bem animada, estamos adorando!”, contou Ana, acompanhada do marido e da filha Lívia, de 2 anos.

Matilde Molla/Rio 2016
Matilde Molla/Rio 2016#Misha é recebido com cantoria e fortes aplausos da garotada ao desembarcar no aeroporto
Misha é recebido com cantoria e fortes aplausos da garotada ao desembarcar no aeroporto

O que se viu no aeroporto foi uma verdadeira sessão de alegria, com os mascotes entusiasmados, acenando e abraçando as crianças. Tudo com direito a muitas selfies e poses para fotos. Misha, o urso russo, chegou a ensaiar uns passinhos de samba no saguão do aeroporto, levando o público ao delírio. A dança foi filmada e pode ser conferida clicando aqui.

“Essa é uma ação inédita. É a primeira vez que um comitê organizador convida mascotes de outras edições para receber os seus”, explica Beth Lula, diretora de Marca do Comitê Rio 2016. “Vocês vão conhecer os mascotes dos Jogos Rio 2016 em breve. E acho que todo mundo vai ficar apaixonado, como nós já estamos. Eles são muito comunicativos, muito brincalhões, são criaturas mágicas, que representam muito bem nossa cultura e nosso povo”, completa Beth.

Alex Ferro/Rio 2016
Alex Ferro/Rio 2016# Athena também encantou o público que aguardava no saguão do aeroporto
Athena também encantou o público que aguardava no saguão do aeroporto

Pão de Açúcar, Cristo Redentor e Lapa estão no roteiro dos mascotes

Enquanto os mascotes Rio 2016 não são revelados ao público, os cinco mascotes visitantes vão curtir o Rio de Janeiro. O roteiro deles está repleto de programações. Confira abaixo a agenda completa dos mascotes:

Quinta-feira (20.11)


15h30 - Fu Niu Lele e Athena visitam a Vista Chinesa

Sexta-feira (21.11)

11h - os mascotes vão visitar o Pão de Açúcar com crianças das Vilas Olímpicas, onde serão contadas histórias sobre os Jogos e haverá um piquenique

15h30 - Fu Niu Lele visita o Cristo Redentor

15h30 - Misha visita a orla de Copacabana, na altura do Posto 6

 Sábado (22.11)

15h - Wenlock e Mandeville visitam os Arcos da Lapa

16h30 - Athena e Misha visitam a Quinta da Boa Vista (colunas gregas próximas ao lago)

Cinco mascotes e cinco histórias

Conheça os mascotes que vão recepcionar os mascotes dos Rio 2016

Misha

O urso Mikhail Potapych Toptygin (mais conhecido como Misha) nasceu nas terras geladas da Rússia e conquistou o mundo com sua simpatia nos Jogos Olímpicos Moscou 1980. É até hoje um dos mascotes mais populares da história dos Jogos.

Athena

Junto com seu irmão, Phevos, Athena é mascote dos Jogos Olímpicos Atenas 2004. Seu nome é uma homenagem a Atena, deusa da sabedoria e protetora da capital grega. Com pés grandões e corpo em forma de sino, foi inspirada em brinquedos da Grécia Antiga, chamados “daidalas”

Fu Niu Lele

A simpática vaquinha colorida foi mascote dos Jogos Paralímpicos Pequim 2008. Criada pelo designer Wu GuanYing, teve suas cores inspiradas nos tradicionais presentes do Ano Novo Chinês. Seu nome significa boa sorte.

Wenlock e Mandeville

Mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Londres 2012, Wenlock e Manderville, respectivamente, foram criados a partir de duas gotas do aço usado na construção do Estádio Olímpico de Londres. São provavelmente os mascotes mais tecnológicos da história dos Jogos. Seus olhos são uma câmera que filma tudo e a luz em suas cabeças simboliza os famosos táxis londrinos. Seus nomes são inspirados em cidades inglesas que fazem parte da história dos Jogos: Much Wenlock é onde aconteciam as competições que inspiraram o Barão Pierre de Coubertin a criar os Jogos Olímpicos da Era Moderna. Já Stoke Mandeville é a cidade precursora dos Jogos Paralímpicos.

Fonte: Rio 2016