Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Brasil terá nove atletas nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang 2018

Atletismo

22/01/2018 16h58

Coreia do Sul

Brasil terá nove atletas nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang 2018

País participará de cinco modalidades. A 23ª edição do evento será realizada de 9 a 25 de fevereiro

pyeongchang_shutterstock.jpg
Foto: Shutterstock

O Brasil participará dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018, na Coreia do Sul, com uma delegação formada por nove atletas e mais um reserva. O país conquistou vaga em cinco modalidades: esqui alpino, esqui cross country, snowboard, bobsled e patinação artística.

A delegação brasileira será formada por Isadora Williams (patinação artística); Edson Bindilatti, Odirlei Pessoni, Rafael Souza, Edson Martins e o reserva Erick Vianna (bobsled); Michel Macedo (esqui alpino); Jaqueline Mourão e Victor Santos (esqui cross country); e Isabel Clark (snowboard).

A primeira equipe brasileira a chegar à Coreia será a de bobsled, no dia 1º de fevereiro. No dia 27 de janeiro, integrantes do Comitê Olímpico do Brasil (COB) chegam ao país para preparar os quartos e escritórios do Brasil nas duas vilas dedicadas à competição. A 23ª edição dos Jogos Olímpicos de Inverno será realizada de 9 a 25 de fevereiro.

A delegação brasileira utilizará as duas Vilas Olímpicas dos Jogos: Gangneung, na costa, e a vila de PyeongChang, na montanha. Isadora Williams ficará na Vila de Gangneung, na costa, próxima a instalação onde competirá – a Gangneung Ice Arena. Já o restante da delegação ficará alojada na vila de PyeongChang, na montanha, onde serão realizadas as competições de bobsled, esqui alpino e cross country, além do snowboard.

Jaqueline Mourão. Foto: Facebook da Atleta

Bolsa Atleta e Lei de Incentivo ao Esporte

Todos os atletas brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos de Inverno são bolsistas do programa Bolsa Atleta. A Confederação Brasileira de Desportos na Neve e a Confederação Brasileira de Desportos no Gelo são as responsáveis pelo desenvolvimento das respectivas modalidades no Brasil. O Comitê Olímpico do Brasil dá suporte a esse trabalho através de repasse de recursos da Lei Agnelo/Piva e projetos especiais de apoio à classificação e participação em Jogos Olímpicos de Inverno.

Caminho para Pyeongchang

Nos desportos no gelo, Isadora Williams, da patinação artística, foi a primeira atleta brasileira a conquistar a vaga para PyeongChang, em setembro de 2017. Ela ficou na quinta posição do Troféu Nebelhorn, na Alemanha, e conquistou uma das seis vagas olímpicas restantes na modalidade. Isadora disputou os Jogos Olímpicos Sochi 2014.

O Time Brasil levará também à Coreia duas equipes de bobsled, o trenó que desce uma pista de gelo em alta velocidade. O país alcançou a vaga no 4-man e também participará pela primeira vez da disputa no 2-man. Edson Bindilatti será o piloto tanto no quarteto quanto nas duplas e participará dos Jogos Olímpicos pela quarta vez. Ele terá a companhia de Odirlei Pessoni (uma participação em Jogos Olímpicos), Rafael Souza e Edson Martins (uma participação), que também formará a equipe no 2-man. Erick Vianna será o reserva.

O primeiro classificado dos desportos na neve foi Michel Macedo, de 19 anos, que disputará sua primeira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno. Natural de Fortaleza e residente no Oregon (EUA), Macedo foi Top 15 nos Jogos Olímpicos da Juventude Lillehammer 2016, até hoje o melhor resultado brasileiro olímpico na modalidade.

Jaqueline Mourão garantiu a vaga para a sua sexta participação olímpica. A atleta mineira se iguala a Formiga (futebol) e a Robert Scheidt (vela) com o maior número de participações olímpicas entre brasileiros. Jaqueline será a única – entre homens e mulheres - a competir em duas de Verão e quatro de Inverno. Em PyeongChang, ela disputará o esqui cross country mais uma vez (foi também a Turim 2006, Vancouver 2010 e Sochi 2014 - nessa última também participou do biatlo). Nos Jogos Olímpicos de Verão, ela competiu no Ciclismo Mountain Bike em Atenas 2004 e Pequim 2008.

Ainda no Esqui Cross Country, o Brasil terá a estreia de Victor Santos. O paulista é um dos jovens destaques do projeto social Ski na Rua, do atleta olímpico Leandro Ribela (Vancouver 2010 e Sochi 2014). O Cross Country é uma modalidade de resistência, na qual os atletas percorrem médias e longas distâncias sobre esquis, impulsionados por bastões.

isabel_clark_instagram.jpg
Isabel Clark. Foto: Facebook da Atleta

Também nos esportes na neve, a snowboarder Isabel Clark volta ao palco olímpico pela quarta vez, sempre na prova de Snowboard Cross. Isabel é a responsável pelo melhor resultado do Brasil em Jogos de Inverno, nona colocada em Turim 2006.

O Chefe da Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018 será o presidente da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN), Stefano Arnhold. Esquiador máster, Stefano foi o Chefe de Equipe das modalidades de neve em quatro edições anteriores dos Jogos (Salt Lake 2002, Turim 2006, Vancouver 2010 e Sochi 2014) e Chefe de Missão nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014 e da Juventude Innsbruck 2012. Em PyeongChang, Stefano acumulará a função de chefe de equipe dos desportos na neve. Já o presidente da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo, Matheus Figueiredo, será o chefe de equipe de suas modalidades.

"Estamos muito contentes com a dedicação dos atletas e suas respectivas comissões técnicas multidisciplinares da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo e da Confederação Brasileira de Desportos na Neve, que culminou com a classificação de nove atletas de cinco modalidades esportivas", disse Stefano Arnhold ao site do COB. "Tivemos a inédita classificação do trenó masculino de 2 no bobsled e teremos uma delegação que combina a experiência de atletas consagradas como a Isabel Clark, que vai para sua quarta disputa olímpica, e Jaqueline Mourão, indo para sua sexta disputa, com a juventude de novatos como o Michel Macedo e o Victor Santos. Na Patinação Artística, Isadora Williams chega a sua segunda edição olímpica, enquanto Edson Bindilatti, piloto do bobsled, vai para sua quarta participação, tendo feito parte da equipe desde de Salt Lake City 2002", completou Arnhold.

Participações brasileiras em Jogos Olímpicos de Inverno

A primeira participação brasileira em uma edição de Jogos Olímpicos de Inverno aconteceu em Albertville, em 1992. Desde então, o Time Brasil esteve em todas as edições do evento. A maior delegação brasileira de inverno até hoje foi durante os Jogos de Sochi 2014, com 13 atletas em sete modalidades (esqui alpino, esqui cross country, snowboard cross, esqui aéreo, biatlo, bobsled e patinação artística).

Fonte: Comitê Olímpico do Brasil